Imagem capa - Escolhendo a data do casamento: 5 coisas a considerar por Silas Coelho
BLOGDICAS

Escolhendo a data do casamento: 5 coisas a considerar

Organizar um casamento pode ser um desafio para quem não faz ideia de por onde começar. No entanto, umas das primeiras coisas que deve ser decidida é a data em que a cerimônia acontecerá. Já que esta decisão servirá de base na hora de fechar contratos com fornecedores, é importante se atentar a fatores importantes relacionados a ela. Confira abaixo quais as 05 coisas que todo casal deve considerar durante o processo de escolher o grande dia:


1. Pense nas estações do ano
Apesar de, no Brasil, as estações não serem tão definidas, é importante considerar os meses em que há mais probabilidade de chuva ou sol, principalmente para quem deseja casar em lugar aberto. Além de levar em conta férias escolares, períodos de festas de final de ano e aquele mês em que todas as noivas do mundo decidem casar. Se tiver interesse no mês de maio, por exemplo, o ideal será fechar com os fornecedores com bastante antecedência.

2. Seja flexível
Se você não puder ser flexível na data do casamento, seja flexível em outros aspectos. O lugar que você deseja pode já estar fechado para outro evento, alguns dos fornecedores podem não ter mais espaço na agenda, etc. Então defina qual a sua prioridade: uma data específica ou fornecedores / lugar que você sonhou?

3. Considere os custos do casamento
É importante lembrar que a data do casamento pode ter uma relevância grande nos custos da cerimônia. Um exemplo é que escolher o mês das noivas para casar será mais caro do que alugar o mesmo lugar três meses depois. Além disso, espaços à beira da praia certamente terão seu valores aumentados durante o verão, em relação aos preços durante o inverno.
Se a ideia é fazer um casamento de baixo-custo, uma boa dica é escolher seu grande dia fora da alta estação (verão e maio).

4. Lembre-se da disponibilidade dos convidados
Não é possível se basear na disponibilidade de todos os convidados na hora de escolher a data do grande dia, mas se há alguma pessoa cuja presença é de extrema importância para os noivos, pode ser interessante considerar quais datas serão realmente impraticáveis e quais serão possíveis. No entanto, fuja da ideia de perguntar a muitos convidados sobre suas disponibilidades ou o sonho de encontrar o dia ideal pode se tornar um pesadelo.


5. Consulte as datas possíveis no local que você deseja
Se existe um local dos sonhos, o ideal será consultar a disponibilidade dele na data que você escolheu. Caso seja bastante disputado, talvez seja necessário adiar um pouco o casamento para conseguir uma data. Por isso mesmo, assim que tiver decidido dar início aos preparativos da cerimônia, certifique-se de que o lugar sonhado estará mesmo aberto e que ainda tem espaço na agenda para receber a sua festa e seus convidados.






Carla Ribeiro é jornalista e correspondente do blog Silas Coelho, em Paris. Em seu próprio site sobre intercâmbio, a professora de inglês de 26 anos conta mais sobre a sua rotina na França e os processos burocráticos para morar fora do Brasil.