09/08/2020 às 15:43 PESSOAL BLOG

Diário do Coelhinho

236
3min de leitura

Diário do Coelhinho

Meu nome é Caco. Eu tenho 2 anos, sou filho de mamãe Polly e do papai Silas.

O papai todo orgulhoso no dia que eu nasci, tanto que o meu pezinho ficou ali registrado!

Moro com meus pais e, de vez em quando, a mamãe sai pra trabalhar e eu fico só com o papai em casa. Nunca contei isso a ela, mas eu me amarro nesses dias que ficamos só nós dois. É muuuuito divertido.

Nossos dias juntos são assim...

A gente quase sempre acorda depois das 10h. Na verdade, eu acordo querendo brincar e meu pai, que ainda deve estar com sono, quer dormir, mas eu abro o olho de e digo “Papai... já é dia amanhã”. Aí ele acorda. Ainda de pijama e terminando de acordar, a gente vai pra sala ver Bita. E Bolofofos e Pjmasks. Eu aaaamo tudo isso e meu pai também, ele canta, dança e assiste junto comigo.

A gente na pista de dança no nosso segundo casamento, afinal, foi o #PS3. Esse 3 aí sou eu! Foto: Tio Nei Bernardes 

Depois que eu tomo meu iogurte, papai vai fazer o almoço e eu sempre ajudo ele. O arroz com carninha dele é melhor que gagau e a gente fica comendo carninha antes mesmo de ir pra mesa. Aí, quando a gente já acabou de almoçar, papai vai trabalhar e eu vou ajudar ele de novo. Eu acho tão legal o que ele faz… Aquelas câmeras... depois as fotos vão pro computador, não sei como elas saem de um lugar e vão pra outro, mas eu gosto mesmo assim porque eu tenho a minha câmera e faço fotos bem legais, elas só não saem de lá. É assim que nós ficamos a tarde inteirinha, trabalhando juntos. Desde pequeno que é assim, eu sei que ele gosta. Na verdade… não é bem a tarde inteira, algumas vezes ele reclama comigo e logo logo a gente desce pra eu brincar de patinete.  

Eu, fotógrafo de mão cheia

Como a mamãe não está, eu posso descer de patinete com muuuita velocidade, tipo esses rapazes de esportes radicais que a gente vê na TV. Papai deixa eu descer bem rapidão. Às vezes eu caio, machuco o joelho, choro, mas ele diz que é normal e que também caiu quando era pequenininho. Aí eu levanto e desço a rampa radical de novo.

É isso, a gente é bem radical! Foto: Tio Nei Bernardes

Depois de brincarmos e nos divertirmos bastante, subimos pra descansar um pouco. Papai diz que já é hora de tirar o cochilo da tarde, mas é tão legal ficar com ele que eu faço o máximo pra não dormir. Acho até que dou um trabalhinho, mas é que eu gosto muito desses dias que ficamos só nós dois. Quando a mamãe já está chegando, a gente corre pra lavar a louça e deixar a cozinha limpinha. Papai me dá uma bucha, eu lavo os copos de plástico e ele todo o resto.

Acho que eu nunca contei pro meu pai como são legais esses dias que a mamãe sai pra trabalhar, mas com certeza já dei um montão de beijo e disse “te amo, papai”. É isso, diário, quando "escrevi" isso aqui, foi um desses dias radicais e eu fui lá deitar no meio da cama deles dois pra ganhar um montão de carinho antes de dormir.

Hoje? Hoje a gente acordou de novo com muito amor!

O nosso Dia dos Pais começou tão especial...

Ah, pai. Feliz seu dia!

Te amo muito, viu?!

09 Ago 2020

Diário do Coelhinho

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Quem viu também curtiu

24 de Set de 2021

MELHORES LUGARES PARA CASAR NA PRAIA

05 de Ago de 2020

O que vestir no ensaio de pre wedding na praia?

12 de Ago de 2020

13 melhores lugares para ensaios fotográficos na Bahia

Você quer fotos NÃO tradicionais? Então me chame aqui no Whats e vamos conversar! =D
Logo do Whatsapp